Clubhouse: O que é e como funciona

Clubhouse: O que é e como funciona

A rede social do momento foi criada em abril de 2020, mas ganhou muita popularidade em fevereiro de 2021. Mesmo sendo exclusiva para sistemas IOS, a plataforma teve um salto de 4,900% nas buscas pelo aplicativo. Em dezembro eram 600 mil usuários, já em fevereiro esse número foi para 6 milhões.

O que é?

Clubhouse é uma rede social onde é possível criar salas com temas específicos para bate-papos, apenas por áudio e ao vivo. Existem diferentes tipos de salas: públicas, onde qualquer membro pode participar; sociais, restritas aos seguidores do criador da sala; e privadas, onde os moderadores controlam a entrada e saída dos participantes. 

Dentro das salas os participantes são divididos entre: Moderadores, quem controla a sala; Speakers, quem pode falar; e os seguidores dos speakers que são ouvintes. Quase um podcast onde você pode fazer parte da conversa..

Como participar?

Devido ao pouco tempo de lançamento, o Clubhouse está restrito a usuários de Iphone, algo que a empresa já estuda mudar. Além disso, é necessário ser convidado por um usuário da rede para criar uma conta. Caso você ainda não tenha um convite é possível reservar um user, assim, você pode usar o mesmo que usa em outras redes. 

A tática do convite funciona junto com outra estratégia, as conversas não podem ser gravadas, ou seja a plataforma entra no efeito FOMO (“Fear Of Missing Out” ou “Medo de ficar de fora”) é preciso estar na rede na hora certa para acompanhar o que rola nela. 

Então se você quer entrar na onda, partiu pedir um convite pra um coleguinha! 

O hype vai durar?

Uma das questões mais importantes para quem trabalha com redes é se o Clubhouse vai se consolidar. Ainda é cedo para afirmar qualquer coisa, já que ainda estamos entendo como ela funciona.

Mas a aposta é positiva. Em pouco tempo a nova rede ultrapassou as buscas pelo TIkTok, aplicativo que caiu no gosto popular durante a quarentena. Isso pode significar o preenchimento de uma lacuna já existente nas demais redes sociais, já que o interesse só aumenta. Como mostra o Google Trends.

Imagem do Google Trends

A ideia chamou atenção do Facebook. Segundo o The New York Times, a empresa já planeja um concorrente para o Clubhouse. Ainda não se sabe se a rede de Mark Zuckerberg idealiza uma extensão das redes sociais já existentes ou realmente vai desenvolver uma nova plataforma. 

De acordo com a mesma fonte, o Twitter também já está se preparando para entrar na briga após a compra da companhia de podcasts Breakers.

Clubhouse e o Marketing Digital

Uma coisa que já podemos perceber é a facilidade para se monetizar os conteúdos na plataforma. É possível cobrar ingresso para as salas privadas de cursos, palestras ou eventos. Além disso, a rede é perfeita para criar relacionamentos, já que é um canal para aproximação entre influenciadores, marcas e o público geral.

Alguns pontos que podem ser considerados negativos para a rede é justamente a falta de monitoramento desses conteúdos, sem o salvamento das conversas fica quase impossível controlar a propagação de discursos de ódio, por exemplo. Sem as gravações não se pode provar nada. 

Outro ponto é que os usuários ficam presos ao tempo da plataforma, já que as salas acontecem em tempo real e nem sempre temos disponibilidade para acompanhar as discussões. Além do alto número de usuários online, ao mesmo tempo  que exige uma infraestrutura muito sólida para um bom funcionamento.

Aqui vão algumas dicas para já começar a usar a novidade ao seu favor:

1- Use a rede para criar relacionamento com grandes nomes;

2- Crie salas com temas específicos e convide quem entende do assunto para gerar um papo construtivo;

3- Entre em reuniões como ouvinte para aprender mais sobre os assuntos e também ser visto;

4 –Use a plataforma como meio de se aproximar do seu público e dê espaço para que eles falar;

5- Fique de olho nos assuntos do momento, a rede é um Twitter por áudio. Descubra sobre o que as pessoas querem falar no momento.

Já entrou para o Clubhouse? Conta o que você achou da rede e se acha que ela vai continuar bombando!

Por Rafaelly Alves!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *